MC613 - Laboratório de Circuitos Digitais

Primeiro semestre de 2010

 

 

  Notícias | Ementa | Referências | Laboratórios | Programação | Relatórios | Links importantes | Propostas de projeto | Avaliação | Datas | Notas


Horário Sala Professor:
Turma A Quartas:   14:00 - 18:00h IC3 - sala 305 Gruido Araújo (email)
Turma B: Sextas:       8:00 - 12:00h IC3 - sala 305 Mario Lúcio Côrtes (email)

 

Principais notícias e alterações
 
 

Lista de discussão

 

 Obs: Todos os alunos devem se inscrever na lista de duvidas, independente da turma à que pertençam. Caso haja necessidade de enviar uma mensagem especificamente para sua turma, o prefixo [turmaX] (onde X corresponde a letra da turma) deve ser adicionado ao assunto da mensagem.

 

Ementa: (top)

Metodologia de projeto digital. Técnicas de projeto usando lógica programável. Características elétricas de circuitos digitais. Projeto e implementação de lógica combinacional: decodificadores, seletores, Circuitos Aritméticos, Via de Dados etc. Projeto e implementação de lógica seqüencial: Flip-flops, Contadores, Registradores, Memórias, Máquinas de Estados etc.

Esta disicplina será totalmente baseada em ferramentas de projeto e simulação da Altera. As experiências deverão ser preparadas com antecedência. Espera-se que no laboratório o aluno teste os seus circuitos em lógica programável (FPGAs) disponíveis nas placas de desenvolvimento da Altera.

O Laboratório de Circuitos Lógicos (LCL) (sala IC-305) está aberto 24hrs. para os alunos de MC613, bastando que o aluno apresente a sua carteira na entrada do prédio e pegue a chave. Enquando dentro do LCL o aluno torna-se responsável pelo uso de seus equipamentos e ferramentas.

A disciplina que você está cursando necessita de conhecimentos prévios de teoria de circuitos lógicos. Caso tenha feito a disciplina teórica há muito tempo, recupere o seu material de estudo para se orientar. Os professores disponibilizam email ou outra forma de comunicação digital. Sempre que utilizá-la, coloque no assunto da mensagem (ou no início do corpo quando isto não for possível) a identificação [MC613] e o seu RA. Note que a não observância dos ítens acima pode significar a falha no recebimento do email devido aos mecanismos anti-spam. Se houver necessidade solicite uma confirmação de recebimento. A mudança de turma está condicionada a disponibilidade de vagas na turma de destino e a aprovação dos professores envolvidos.

Referências Principais   (top)

 
Laboratórios:  (top)
 
Aqui estão disponíveis os enunciados dos experimentos para cada laboratório e os materiais de apoio para as experiências:


Programação do curso:  (top)

Turma A (4ª feira) Turma B (6ª feira)
03/mar/10   05/mar/10  
10/mar/10   12/mar/10  
17/mar/10 Lab 1 19/mar/10 Lab 1
24/mar/10   26/mar/10  
31/mar/10 Lab 2 02/abr/10 Feriado
07/abr/10   09/abr/10 Lab 2
14/abr/10 Lab 3 16/abr/10  
21/abr/10 Feriado 23/abr/10 Lab 3
28/abr/10   30/abr/10  
05/mai/10 Lab 4 07/mai/10 Lab 4
12/mai/10   14/mai/10  
19/mai/10 Lab 5 21/mai/10 Lab 5
26/mai/10   28/mai/10  
02/jun/10   04/jun/10 Feriado
09/jun/10 Lab 6 11/jun/10 Lab 6
16/jun/10   18/jun/10  
23/jun/10 (Lab 7) 25/jun/10 (Lab 7)
30/jun/10 Projeto 02/jul/10 Projeto

 

Composição dos relatórios   (top)


Todos os relatórios devem ser enviados via meio eletrônico e também entregues impressos em papel tamanho carta (padrão nas impressoras do IC). Não há modelo, mas não abuse de páginas vazias, fontes muito pequenas, exageradamente grandes ou textos enfeitados. Procure facilitar a leitura.

Os nomes dos arquivos que forem enviados devem conter o RA de quem está enviando e serem compactados (por exemplo lab01_RA012345.zip). Consulte seu professor se desejar utilizar outro algoritmo de compactação que não seja ZIP. Não esqueça de incluir no arquivo compactado quaisquer arquivos necessários para a compreensão do relatório, como código VHDL e conteúdo inicial de memórias, mesmo que estejam no relatório (o objetivo é poder reproduzir o resultado mostrado no relatório). Não inclua os arquivos objetos ou qualquer resultado de programação da FPGA (ex. .SOF e .POF) mas inclua o arquivo de mais alto nível do projeto (.qpf). Quando necessário coloque os resultados relevantes no corpo do relatório. O formato deve ser PDF e o relatório deve ser único no arquivo compactado (cada laboratório corresponde a um relatório, contendo todos os experimentos).

O relatório deve conter:

A maioria dos experimentos possui uma legenda com dicas sobre os ítens obrigatórios (ex. [RSD]). O "R" indica que é esperada uma resposta textual ou um desenvolvimento teórico no [R]elatório. O "S" significa que a [S]imulação deve estar contida no relatório e poderá ser cobrada em sala. Já o "D" prevê que a [D]emonstração será cobrada em sala. Estes ítens são obrigatórios e serão avaliados. Se julgar que o experimento necessita de complemento para a compreensão (ex. a demonstração acompanha um desenvolvimento teórico do dispositivo com mapas de Karnaugh) não hesite em colocá-lo no relatório. Evite colocar excessos (ex. toda a simulação de um contador), coloque somente os casos que julgar relevantes. Os experimentos sem legenda não serão avaliados mesmo se presentes no relatório, salvo se explicitamente indicado no enunciado.

 

 Links importantes:  (top)

        Os links a seguir contém informações úteis a esta disciplina:


Algumas propostas para projeto:   (top)

Neste diretório estão disponíveis várias propostas para o projeto final. Novas propostas são aceitas mediante aprovação do professor, que poderá modificá-las de acordo com o nível de complexidade exigido. Caso escolha redigir sua própria proposta, lembre-se que na data da definição do projeto final a mesma deverá estar redigida e aprovada pelo professor, portanto programe-se com antecedência.

 
Avaliação e equipes:  (top)

As atividades do curso serão feitas por equipes de 2 ou 3 alunos, fixados no início do curso. Caso a equipe seja desmembrada para o projeto final poderá haver remanejamento de integrantes por parte do professor. A avaliação será baseada em seis laboratórios e um projeto final. Cada laboratório contém diversos experimentos, que incluem uma demonstração do seu funcionamento e um relatório.

Para cada experimento haverá duas semanas para elaboração do mesmo (exceto o primeiro), incluindo dias não letivos. O relatório de cada experimento deve ser entregue impreterivelmente no início da aula (às 8:30h para turmas matutinas e às 14:30h para as vespertinas) marcada para a demonstração do funcionamento do experimento. A demonstração faz parte da nota do relatório e será cobrada de qualquer integrante do grupo, a escolha do professor. Para cada experimento entregue, a nota será composta como 50% sendo a nota da demonstração e 50% sendo a nota do relatório. Não serão aceitos relatórios de experimentos que não sejam demonstrados. Somente será aceito um relatório por grupo e todas as notas, incluindo o relatório e a demonstração, são compartilhadas por todos os integrantes do grupo, salvo em ausências. Não serão aceitos relatórios e demonstrações de experimentos com atraso.

Há um laboratório opcional substitutivo dado no final do curso. Aqueles que optarem por entregá-lo terão menor nota obtida em qualquer um dos laboratórios regulares substituída pela avaliação do mesmo.


Alerta: Utilize o laboratório opcional como alternativa, não como opção! Guarde-o para uma situação emergencial!
Projetos finais entregues com atraso serão avaliados da seguinte maneira: se a demonstração do projeto final tiver sido feita corretamente mas o relatório não foi entregue, o mesmo poderá ser entregue com uma tolerância de 24h a partir do início da aula de demonstração, com 20% de penalidade sobre o valor do projeto final. O prazo para a demonstração não é prorrogável.

Para o cálculo da nota final será utilizada a equação:

Nota_final = F * Soma (Nota_cada_lab) / N_labs + (1-F) * Nota_projeto

Onde F é um fator de proporção que vale 0,7 se a nota do projeto final for >=4,0, indicando que as notas nos experimentos contribuem com 70% da nota final e a nota do projeto com 30%. Caso contrário (nota do projeto final <4,0), F=0,0, indicando que a média dos experimentos torna-se zero e a nota do projeto final passa a responder pela nota final!


Alerta: É recomendável iniciar o projeto final o mais cedo possível.
Alerta: Não deixar para imprimir os relatórios em cima da hora. A lei de Murphy é infalível e certamente a rede ou as impressoras falharão nos piores momentos.

Datas importantes, definição dos projetos e das turmas:  (top)

Datas importantes                                               Tuma A         Tuma B
-----------------------------------------------------------------------------
  Definição de equipes:            10/mar            12/mar
  Proposta de novos temas:      26/mai            28/mai
  Definição de projetos:            9/jun               11/jun
-----------------------------------------------------------------------------
 
Notas e alocação dos projetos:
 
Veja aqui as notas. Veja a alocação dos projetos
 

  (modificado em 01/03/2010)